Olá Convidado
Bem vindo (a) ao fórum MasterCheats, Registre-se agora para ter diversos benefícios como:

• Livre acesso a tutoriais, recursos, ferramentas e cheats.
• Interagir e criar novas amizades
• Deixe sua opinião ser lida por todos! Você pode enviar, responder, e partilhar o que está em sua mente.
• Aprenda tudo sobre os diversos assuntos relacionados a Designer
• Tutoriais exclusivos sobre C++/Delphi/VB e mais

Registre-se e tenha todos esses privilégios!

Tribal Wars - Abreviações desconhecidas

Ir em baixo

Tribal Wars - Abreviações desconhecidas

Mensagem por adrianl2222 em Ter Maio 01, 2012 7:26 pm

Stacking – Termo utilizado para designar uma aldeia blindada. Stack significa empilhar, em inglês, e faz alusão ao fato do jogador defensor “empilhar” defesas em uma mesma aldeia.

NT – Todos, um dia, saberemos o que é NT. O vitorioso Noble Train, ou Trem de Nobres, ou na versão brazuca, Nobre Train nada mais é do que emendar 4 nobres em sequencia contra uma mesma aldeia. Ataques de nobres a cada meia hora não são NTs, que fique claro ! Igual a um trem, o NT caminha em sequencia. Quando o inimigo atualiza a tela, ele já perdeu a aldeia, pois o ataque se dá em um tempo de menos de 1 minuto. Os exímios jogadores enviam NTs com diferenças de milésimos a segundos.


Fake – Expressão americana cujo significado é “falso”. Nada mais é do que simular algo. No universo Tribal Wars, é utilizada para ataques falsos, ataques com um número mínimo de unidades que simulam exércitos inteiros, ou unidades que alteram o tempo de outra unidade (muito usado para mascarar exploradores, acompanhando-os com aríetes).

7×7 (7 por 7) / 15×15 (15 por 15) – Referência utilizada para o tamanho do mapa. Como exemplo, fica a frase “já estou farmando meu 7×7 inteiro!”, referindo-se ao jogador que farma todo o quadrado de mapa de um mapa de dimensões 7×7.


Snipar – Um termo não tão conhecido com essas palavras. Nada mais é do que “quebrar o NT”. Se os exímios atacantes enviam NTs com diferença mínima de segundo(s), o exímio defensor encaixa com uma precisão impressionante um apoio entre os nobres, de forma a deixar o nobre protegido passar, mas destrói algum dos nobres centrais, geralmente desprotegidos.

Fubar (F*ck*d Up Beyond Any Reckoning) – Complicado, muito lembrado por jogadores de mundos mais antigos, saiu da moda a algum tempo. Como diria o grande julio hrzerg (m7), “fubar é a arte de ensinar a um inimigo como se pode ter perdas ao noblar uma aldeia limpa”. Consiste em abaixar a lealdade da própria aldeia atacando-a com nobres antes do NT inimigo. Dessa forma, o inimigo vai noblar a aldeia 4 vezes, ou vai matar seus próprios nobres com as tropas que ficarem instaladas na primeira noblagem. Como se essa carnificina já não fosse o suficiente, o fubador vai enviar um nobre e limpeza poucos segundos após o ultimo nobre do NT inimigo. Sim, o jogador atacado vai reaver a própria aldeia, após fazer o inimigo noblar e renoblar 4 vezes a mesma aldeia, matando as próprias tropas.


Sprinter – Essa palavra já esvoaçou aos 4 ventos dos mais novos mundos. Sprinters são jogadores que utilizam uma estratégia voltada para a construção exclusiva do primeiro nobre, em geral utilizando-se mais da técnica de farmar e menos da obtenção de recursos através de minas. Na grande maioria dos casos, os primeiros tops dos novos mundos costumam ser sprinters. O sprinter tem um plano de construção de edifícios, variando de sprinter para sprinter, mas o objetivo final sempre é a obtenção do nobre em tempo recorde, de forma a serem jogadores poderosos e ativos.

Defesa Cruzada – Estratégia interessante, o grande dominaria me ensinou durante a busca por novas nomenclaturas. Defesas demoram 3, 4 semanas para ficarem prontas ? Então, não destrua todo o full. Como ? A defesa cruzada se baseia em completar os apoios com diferentes aldeias. Ao invés de se enviar 15mil defesas da aldeia A para apoiar a aldeia D, se envia 5mil defesas das aldeias A, B e C para apoiar a aldeia D. Morreram ? Dane-se, tanto A, B ou C terão que recrutar 33% das tropas que normalmente recrutariam se cada uma tivesse enviado os 15mil do exemplo. A diferença é que o tempo é dividido, pois as 3 recrutarão ao mesmo tempo, isso dá um bônus impressionante na velocidade do recrutamento.


Defesa Offline - Estratégia interessante, mistura o apoio comum com o sistema TripWare. Utilizada em começo de mundo, os jogadores invertem as defesas. Logo, a defesa do jogador tonico apóia o vizinho, o jogador tinoco. E a defesa do tinoco apóia o tonico. Dessa forma, se o Tinoco começar a sofrer ataques, e o Tonico estiver offline, o Tinoco pode apenas recolher o apoio que está com o amigo, de forma que vai defender com o dobro do poder defensivo. Passado o ataque, manda-se a defesa novamente apoiar o vizinho, e tudo fica na boa. Quando ouvir falar de Defesa-Offline, lembre-se desse padrão defensivo.

Farmar – A palavra mais utilizada no universo Tribal. Farmar, roubar, larapiar, usurpar, furtar, apropriar-se de algo indevidamente, despojar de dinheiro ou valores, favorecer um competidor em prejuízo de outro (no caso, o alvo). É o termo utilizado para o ato de pegar os recursos de outra aldeia. No Tribal, ou produzimos recursos, ou roubamos recursos, ou ambos. Farmar é o ato de roubar recursos, seja de aldeias bárbaras ou de jogadores momentaneamente (ou eternamente) menos capazes.


Aldeias Cebola ou Tartaruga – Aldeia cebola, ou tartaruga, é a definição dada ao conjunto de aldeias posicionadas próximas, preferencialmente lado a lado, em circulos que lembram as camadas de uma cebola, ou mesmo os gomos do casco de uma tartaruga. São pequenos aglomerados de aldeias, cujo centro possue uma sólida base defensiva, e as camadas externas possuem uma grande força ofensiva. É utilizada tanto individualmente, com o jogador mantendo a fronteira externa com aldeias ofensivas e o interior com defesas, quanto em larga escala por tribos. Nesse caso, jogadores do interior, ou na zona segura, recrutam as defesas necessárias para os jogadores de fronteira com o inimigo. O jogador da fronteira produz ataque em larga escala.

Tripware – Quem nunca ouviu falar do tripware, que atire a primeira pedra (e morre um bianc apedrejado –”). É famosa teia de aranha, uma técnica de controle de ataques em em diversas aldeias aliadas, sem depender dos demais jogadores. Pela teia, o jogador A envia apoios de 3 a 5 lanças aos jogadores B, C, D, E, F e mais todo o alfabeto que constituir a tribo em questão. E quando algum jogador offline for atacado, a teia se move. Pelo relatório de perda de apoio, o apoiador tripware pode conferir como foi o ataque e a situação do apoiado (se de 3 lanças, 1 morre = ataque fraco; 2 morrem = ataque médio; 3 morrem = aldeia limpa). Dessa forma, pode enviar os apoios para defenderem o amigo, mesmo que o cara esteja curtindo uma praia em um sábado a tarde, com uma prancha e uma ótima companhia ao lado, sem sequer pensar em Tw ou saber que foi atacado. É muito difundido em começos de mundos, e extremamente útil se bem utilizado.


Backtiming – Deus Salve o Backtime ! É considerado a maior filhadamãezice estratégia de início de mundo. Imagine aquele vizinho xarope, que explora a sua aldeia enquanto você está offline, percebe que você é um full ataque, e te manda o ataque na esperança de abater as suas tropas. E é nessa hora que você acessa o Tribal Wars, como se algo dissesse em sua mente “Corre lá na tua aldeia poh!”. Esvaziar a aldeia seria o caminho mais fácil. Mas por que não sacanear esse infeliz ? Vamos a lógica da equação: Se o player te ataca, logo, ele tem ataque (ui, einstein!). Se ele tem ataque, então a fraqueza dele é tão grande quanto a sua, se ele fosse o defensor. Então, vamos retirar as tropas, segundos antes do ataque inimigo bater, e garantir que elas retornem (cancelando a ordem dada) segundo(s) depois do ataque adversário, e ainda nesse ínterim, vamos enviá-la ao agressor assim que as tropas voltarem para a aldeia. Toda essa operação deu um baita texto, mas não leva mais do que 10segundos! Moral da história. O ataque inimigo vai retornar para a aldeia, e o seu ataque vai junto, segundos após o dele. Voce vai atacar segundos após os bárbaros dele retornarem para casa, pegando-os de surpresa e matando o ataque inimigo. Como diria o Jago, do killer instinct… Combo Breaker!
Esta é a arte do Backtime, um contra-ataque estratégico, simulando uma suposta derrota para poder abater as tropas inimigas.

Noob (MRXMAS) - Expressão utilizada para exemplificar o jogador que não possui habilidades concretas referente ao jogo, e que não possui disposição em aprender, tem a mente fechada.

Créditos:┼Cαffяєy┼×

adrianl2222
Banido
Banido

Posts : 141
Data de Ingresso : 21/04/2012

Idade : 19
Localização : Akatsuki

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum